ENTENDENDO A VIGILÂNCIA PRIVADA - TRANSPORTE DE VALORES

1- O que se entende por segurança de pessoas físicas?
Significa tomar todas as medidas de cuidado e precaução, zelando, cuidando, protegendo, tomando a defesa, oferecendo resistência, interrompendo, cortando, tolhendo, proibindo, vedando e impedindo a ocorrência de qualquer mal à pessoa humana a quem se está protegendo.
2 - Quem pode prestar o serviço de segurança de pessoas físicas?
Podem prestar o serviço de segurança a pessoas físicas as Empresas especializadas, Empresas da categoria de Transporte de Valores, Empresas não especializadas (segurança orgânica) e Policiais.
3 - O Segurança Pessoal pode portar arma(s) na execução dos seus serviços?
Sim, o segurança pode portar armas. O agente especial (ou vigilante qualificado) teria seu porte de arma assegurado por lei, desde que estando em serviço e com os cursos dentro da validade.
4 - Qual a definição dos serviços de Segurança no Transporte de Valores?
O transporte de valores consiste na prestação de serviço visando garantir a segurança na movimentação de numerário, tanto d recolhimento como de suprimento, não somente entre os estabelecimentos financeiros como também entre os estabelecimentos comerciais.
5 - O Transporte de Valores consiste somente no transporte de numerários em espécie?
De imediato pode-se responder que não, independentemente de qualqur outra consideração, pois além do transporte de dinheiro há também o de cheques. Portanto, o transporte de valores não se resume ao transporte de numerário em espécie.
6 - Qual a ou as formas de execução do serviço de Transporte de Valores?
O serviço de Transporte de Valores tem a sua forma de execução dividida da seguinte forma:
1) relacionada diretamente à quantia de numerário que irá transportar:
a) quantias superiores a 20.000 UFIRs;
b) quantias entre 7.000 e 20.000 UFIRs.
2) relacionada à quantidade e modalidade de veículos utilizados:
- modal;
- intermodal.
7 - Quem pode prestar o serviço de Transporte de Valores?
a) Empresa Especializada;
b) Empresa Não Especializada (segurança orgânica);
c) O estabelecimento financeiro.
8 - O armamento utilizado para os serviços de Transporte de Valores é o mesmo utilizado para o serviço de pessoas físicas?
Não. Para o transporte de valores podem ser utilizados, de acordo com o parágrafo segundo do art. 50 da Port. N. 992 e parágrafo único do Art. 22 do Dec. N. 89.056, são os seguintes armamentos:
- revóver cal. 38;
- espingarda cal. 12;
- espingarda cal. 16;
- espingarda cal. 20;
- pistola utt 380;
- pistola ut. 7,65mm.
Enquanto que as armas utilizadas para segurança a pessoas físicas de acordo com o parágrafo quarto do art. 50 da Port. N. 992/95, são:
- pst. aut. 380;
- pst. aut. 7,65.
9 - O que é serviço de Escolta Armada?
É o "corpo de tropa" destacado para acompanhar, guardar ou defender pessoas ou coisas.
10 - Quais são os aspectos sob os quais se desenvolve o serviço de Escolta Armada?
Os aspectos desenvolvidos são:
a) garantir o transporte de valores; e
b) garantir o transporte de qualquer outro tipo de carga.
11 - Quais são as formas de Escolta Armada?
a) escolta estadual;
b) escolta interestadual; e
c) escolta internacional.
12 - Quais são os veículos que podem ser utilizados na Escolta Armada?
:: automóveis comuns, que podem ser alugados ou pertencer à empresa, devendo no entanto atender às especificações contidas no Art. 43, da Portaria n. 992:
a) estar em perfeitas condições de uso;
b) possuir quatro portas;
c) documentação que comprove a propriedade pela empresa, contrato de locação ou arrendamento;
d) inscrição externa que permita a fácil identificação do veículo;
e) possuir sistema de comunicação.

Comentários

  1. Esclareceu bastante minhas dúvidas! obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom. Fico satisfeito em saber que a matéria tenha sido de utilidade.

      Excluir
  2. Esclareceu bastante minhas dúvidas! obrigada!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FUNÇÕES DO SETOR PÚBLICO

ALGUMAS QUESTÕES SOBRE SEGURANÇA PRIVADA

CONCEITOS: CAPITALISMO, SOCIALISMO, COMUNISMO E ANARQUISMO