Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Comparativo apresentado no Yahoo: Yamaha XT 660R ou XT 660Z?

O pessoal da WebMotors testou as duas. Veja o que oferecem de melhor na opinião do site.

Texto: André Jordão/Agência InfoMoto
Fotos: Doni Castilho/Agência InfoMoto

Leia a matéria clicando AQUI!

Transformação de técnico em gestor é grande desafio

Laura Knapp Valor Econômico - 25/11/2011
São Paulo - Que a administração pública brasileira precisa ser modernizada, ninguém duvida - os próprios governos já se deram conta disso. Mudanças na economia e na própria sociedade transformaram o sistema que rege o funcionalismo no país, refinado burocraticamente nos últimos 60 ou 70 anos, obsoleto em alguns aspectos. O próprio modo como a carreira de funcionário público funciona mostra isso. Se há exames cada vez mais concorridos para uma vaga vitalícia, o incentivo para se aperfeiçoar na carreira desaparece com o tempo, resultado da própria estabilidade.
Esse é um dos grandes gargalos que as administrações públicas precisam enfrentar: como incentivar seus funcionários e treiná-los para assumir novas funções. E como preparar pessoas treinadas como técnicos a agir como gerentes ou diretores. "Técnicos viraram gestores na prática. Não estavam preparados, não tinham obrigação para isso", diz Paulo Vicente, professor de estratégia da Fun…

Análise marxista da crise do capitalismo: Marx versus Keynes

"Agora somos todos keynesianos", disse Richard Nixon, então presidente republicano dos EUA em 1971. Quarenta anos depois, parece que John Maynard Keynes volta a estar na moda, especialmente entre os líderes do movimento operário britânico. As direções reformistas do Partido Trabalhista e os sindicatos teimam na ideia keynesiana de que a economia só tem de ser "estimulada" para voltar ao crescimento.
Mas tal e como os marxistas já temos explicado antes, a crise econômica atual não é só parte de uma crise cíclica de auge e recessão, mas uma crise orgânica do capitalismo, e o crescimento econômico não pode ser gerado à vontade.
Na conferência do Partido Trabalhista de setembro de 2011, Ed Balls, o responsável de economia no partido, anunciou um novo "plano de cinco pontos para o crescimento", que consiste em:
Um imposto sobre os lucros dos banqueiros.
Fomentar planos de investimento em longo prazo.
Reverter os recentes incrementos no IVA.
Uma redução temporária do…

As Guerras Civis

As “Guerras Civis” representam o processo de transição política pela qual passou a Roma antiga, no último século do regime republicano.
As “Guerras Civis” representam o processo de transição política pela qual passou a Roma antiga, no último século do regime republicano. Nesse período a luta de classe tornou-se mais acirrada e complexa, pois a organização sócio-econômica havia se tornado mais complexa.
As Transformações Estruturais
As conquistas realizadas pelos romanos durante mais de trezentos anos mudou completamente a feição da sociedade e a organização da produção da cidade. A cidade deixou de ser apenas uma cidade para passar a ter o controle sobre vastas extensões de terra, envolvendo praticamente todo o norte da África, a região da Palestina, todo o sul da Europa e a região que corresponde hoje à França.
As guerras responsáveis por essas grandes conquistas também foram responsáveis pela formação do modo de produção escravista, ou seja, pela formação de uma nova camada social - e…

Introdução à Mitologia

A palavra mitologia serve para designar o conjunto de mitos e lendas que um povo imaginou e o estudo dos mesmos. Normalmente utiliza-se a palavra para designar a religião dos gregos antigos e também dos romanos.
“No começo era o Caos”
A mitologia grega representa uma das concepções míticas mais geniais que o homem produziu, no sentido de compreender sua origem e seu desenvolvimento. Dessa maneira os gregos organizaram suas concepções religiosas a partir da vida humana, mesclando elementos reais e imaginários com o intuito de estabelecer uma ordem racional para o desenvolvimento do universo e de todos os seus componentes.
Para os gregos, a variedade de formas existentes no universo não poderiam ser concebidas por um único Deus.
“No começo era o Caos”, massa rude, onde as forças latentes teriam o poder de criar e de manter a vida. À essa fonte geradora de vida e energia tudo é possível e foi a partir dela que nasceram os Deuses e a matéria - os planetas e os homens.
Aqui se encontram as r…

HISTÓRIA ANTIGA - Período Helenístico

Período iniciado com as conquistas macedônicas e marcado pela fusão de elementos culturais gregos e orientais.
PERÍODO HELENÍSTICO
O Período helenístico normalmente é entendido como um momento de transição entre o esplendor da cultura grega e o desenvolvimento da cultura romana. Tal concepção está associada a uma visão eurocêntrica de cultura e portanto torna secundários os elementos de origem oriental, persa e egípcia, apesar de ter esses elementos como formadores da cultura helenística.
Antecedentes

A Grécia viveu seu momento de maior esplendor cultural no século V a.C., particularmente a cidade de Atenas. Foi o Século de Ouro ou Século de Péricles. Época de apogeu da democracia, a cidade combinou guerra e desenvolvimento. Contraditoriamente esse século foi marcado por inúmeras guerras, que viram nascer e ruir o imperialismo de Atenas, Esparta e Tebas sucessivamente, esse último já no século IV a.C.
As constantes guerras que envolveram as cidades gregas foram responsáveis por grande …

Humanidade Combina Guerra e Desenvolvimento

Guerra e Desenvolvimento. Essa aparente contradição foi na verdade, uma constante combinação ao longo da História da humanidade e é percebida ainda hoje. No século 5º. a.C. Atenas viveu essa situação de forma intensa, ao comandar as Guerras Médicas contra o Império Persa, a partir das quais impôs sua hegemonia ao mundo grego, e ao participar da Guerra do Peloponeso, na qual foi derrotada por espartanos e seus aliados. 
Durante o conflito com os Persas, ao comandar a Confederação de Delos, , a economia de Atenas desenvolveu-se intensamente. O tesouro de Delos serviu, na prática, para gerar empregos e incrementar todas as atividades produtivas na cidade. É verdade que a economia ateniense encontrava-se em crescimento antes da guerra, fruto do desenvolvimento mercantil, porém, durante o conflito, todo ateniense trabalhava e recebia uma remuneração, o que dinamizava a economia urbana. 
A hegemonia ateniense sobre a maioria das cidades gregas consolidou sua posição econômica. Essa situação r…

A CONTABILIDADE: EVOLUÇÃO HISTÓRICA

Origem e evolução histórica da contabilidade



A contabilidade, como instrumento de controle, é reconhecida como umas das mais antigas ciências que se tem conhecimento, tendo surgido juntamente com o desenvolvimento social do homem. Desde que o homem começou a acumular ou a produzir riquezas, começou a existir Contabilidade. É de cunho social quanto às suas finalidades, mas como metodologia de mensuração, abarca tanto o social quanto o quantitativo. Desde a época dos faraós no antigo Egito são encontrados registros de contabilidade. Fica fácil entender a necessidade e existência desta “disciplina” se admitirmos que tão importante quanto o “ter” um certo patrimônio é o de saber mensurar e avaliar o mesmo.
Data de 2.000 a.c. registros contábeis na China, orçamentos e auditoria para administrar as atividades governamentais.  No feudalismo pouso se utilizou a contabilidade pela auto-suficiência das unidades feudais e pelo reduzido volume de transações.
Como disciplina, as primeiras teorias co…