Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

...

Imagem

MÚSICAS ROMÂNTICAS ANOS 80 INTERNACIONAL

Imagem
Boa lembrança para quem viveu essa época: dançar coladinho, "brincadeiras", globo e jogo de luz. Anos 80!
Abaixo, algumas dos anos 70. Algumas destas ainda ouvíamos em 87 e 88.

I Encontro de Jeepeiros KAMELCAR

Imagem
Foi muito legal, a Kamel disponibilizou uma Frontier para test drive na trilha que foi montada. A 4x4 subiu, desceu e fez altas manobras. Foi muito bom. Quem tiver oportunidade de aproveitar eu aconselho a não desperdiçar.

POLÍCIA ARMADA DO SENADO NA BERLINDA

A Procuradoria da República no Distrito Federal investiga o potencial despreparo dos policiais legislativos do Senado. Eles têm direito a porte de armas de fogo após comprovação de capacidades técnicas e psicológicas atestadas em um curso de formação de 80 horas. O tempo mínimo de qualificação, no entanto, deveria ser de 102 horas/ aula, segundo regulamentação da Polícia Federal. A Procuradoria também questiona a qualificação dos agentes: até os vigilantes terceirizados que fazem a segurança complementar do Senado passam por um treinamento mais longo, de 160 horas.
O MP instaurou inquérito civil público em setembro de 2012, após denúncia da Associação dos Policiais Legislativos do Senado Federal, que mencionava a deficiência na formação dos policiais. Se achar as alegações procedentes, o procurador Felipe Fritz, responsável pelo 1º Ofício de Cidadania, pode abrir uma ação contra o Senado ou recomendar que se providencie o treinamento necessário.
A PF requisitou ao Senado, no ano passado…

Matéria no Yahoo fala sobre o programa de internação compulsória de dependentes químicos

O cuidado e o alvo
O governo do Estado de São Paulo começou, na última segunda-feira (21), o programa de internação compulsória de dependentes químicos. A internação compulsória difere da involuntária, pois nesta há a necessidade de um pedido de familiares do dependente e aceito por um médico psiquiatra. A compulsória não necessita de um pedido familiar, quem determina a internação é um juiz, a partir de um pedido médico. O Rio de Janeiro já tinha programas de internação compulsória para menores, e em abril começará a internar adultos. Em Salvador, foram instaladas câmeras para vigiar a população de rua para “evitar delitos e observar o uso abusivo de drogas que se enquadra nos casos de internação compulsória previstos em lei.” Ninguém duvida que é necessário fazer algo quanto à dependência química, em especial na população das ruas, alijada de todos os direitos. Que, talvez, como último recurso e em casos bem específicos, amparada numa enorme rede de cuidados, ressocialização, de reins…

Após ampliação de calibres, restrições ao porte de arma para policiais voltam a ser discutidas

Pouco mais de uma semana depois do anúncio de que os policiais poderão adquirir armas de calibres mais eficientes para sua defesa, a ocorrência de uma chacina em São Paulo traz à tona um debate em sentido completamente oposto, com o reaparecimento da proposta de se proibir aos integrantes das forças de segurança pública o porte de armas fora do serviço, ou mesmo possuírem armas particulares. Segundo os defensores da ideia, a medida diminuiria as armas em circulação e aliviaria a investida de criminosos contra os policiais, cujo objetivo seria, justamente, o roubo desses equipamentos.
A polêmica sobre o assunto é grande até mesmo no meio policial, estando longe um consenso sobre o que seria mais adequado, se a ampliação do direito ao porte ou a restrição a este. Com reconhecido histórico de atuação em defesa da ampliação do acesso às armas de fogo, a associação civil Movimento Viva Brasil não tem dúvida sobre o caminho a seguir: o da liberação.
Indagado sobre o risco de policiais andarem…

Tirar arma de cidadão de bem não diminui violência no Brasil

Governo federal insiste em campanhas para desarmar a população. Valor de indenização, que era de 100 a 300 reais, passa para 200 a 450 reais, de acordo com o tipo de armamento
Desde 2005, quando foi derrotado nas urnas no referendo do de­sarmamento, o governo não desistiu da tentativa de diminuir ao máximo o número de armas de fogo nas mãos da população civil. Em novembro do ano passado, num ensaio de incentivar mais cidadãos a entregarem suas armas, agora todo cidadão que aderir à Campanha Nacional de Desar­mamento vai receber novos valores de indenização entre 200 a 450 reais de acordo com o tipo e calibre do armamento. Antes, os valores variavam de 100 a 300 reais.
Desde 2004, já foram entregues mais de 600 mil armas de fogo. Em 2012, o número ultrapassa 63 mil. Foram pagos em indenização mais de R$ 5 milhões. O Estatuto do Desarmamento — Lei nº 10.826 — entrou em vigor em 2003 e regulamenta o registro, a posse, o porte e a comercialização de armas de fogo e de munição no Brasil. C…

Agentes penitenciários contestam veto ao porte de arma e podem deflagrar greve nacional

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte lamenta e contesta a decisão da presidenta Dilma Rousseff em vetar o Projeto de Lei que concedia porte de arma em tempo integral para a categoria. De acordo com o Sindasp-RN, o porte de arma é uma ferramenta de segurança para aqueles que atuam em uma das profissões mais perigosas em todo o mundo.

Devido ao veto, sindicatos de todo o Brasil, atendendo a convocação da Federação Sindical dos Servidores Penitenciários do Brasil (FENASPEN), podem deflagrar greve geral, pois na próxima segunda-feira (14) estarão em assembleia em Brasília. Caso decidam pela greve, a paralisação será no Sistema Estadual e Federal.

“A gente sabe o quanto os agentes penitenciários lidam com pressão dentro dos presídios e muitos deles são ameaçados constantemente. Por isso, houve uma grande mobilização nacional, com reuniões e cobranças no Congresso para elaboração desse Projeto de Lei. Porém, lamentamos que a presidenta Dilma tenha vetado”, destaca Vi…