INTRODUÇÃO A ECONOMIA

Economia
Conceito: a Economia se ocupa das questões relativas à satisfação das necessidades dos indivíduos e da sociedade.
Definição: é a ciência que estuda a maneira como se administram os recursos escassos, com objetivo de produzir bens e serviços e distribuí-los para seu consumo entre os membros da sociedade.

Elementos Econômicos
Escassez: surge pois, as necessidades humanas são virtualmente ilimitadas, e os recursos econômicos, limitados, incluindo os bens.
Bens econômicos: caracterizam-se pela utilidade, pela escassez e serem transferíveis.
Serviços: são atividades que, sem criar objetos materiais, se destinam direta ou indiretamente a satisfazer necessidades humanas.

Necessidade humana: é a sensação de carência de algo unida ao desejo de satisfazê-la.
Tipos de Necessidades

Bem: é tudo aquilo que satisfaz direta ou indiretamente os desejos e as necessidades dos seres humanos.
Tipos de bens

Recursos Produtivos
São fatores ou elementos básicos utilizados na produção de bens e serviços. São denominados fatores de produção.

Os fatores de produção são divididos em 3 grandes categorias:
• Terra: indica toda área cultivável e urbana, bem como os recursos minerais.
• Trabalho: refere-se às faculdades físicas e intelectuais dos seres humanos.
• Capital: compreende as edificações, as fábricas, a maquinaria, os equipamentos e demais meios utilizados no processo produtivo.

Sistema Econômico
É definido como sendo a forma política, social e econômica pela qual está organizada uma sociedade. É um particular sistema de produção, distribuição, e consumo de todos os bens e serviços que as pessoas utilizam buscando uma melhoria no padrão de vida e bem-estar.

Os sistemas econômicos podem ser classificados em:
• Sistema Capitalista ou Economia de Mercado
• Sistema Socialista, Economia Centralizada ou Economia Planificada.

Sistema Capitalista: é aquele regido pelas forças de mercado, predominando a livre iniciativa e a propriedade privada dos fatores de produção.
Contudo a partir de 1930, passaram a predominar os sistemas de economia mista, onde prevalecem as forças de mercado, porém, com a atuação do Estado, tanto na alocação, distribuição de recursos como na própria produção de bens e serviços, nas áreas de infra-estrutura, energia, saneamento e telecomunicações.

Sistema Socialista: é aquele em que as questões econômicas fundamentais são resolvidas por um órgão central de planejamento, predominando a propriedade pública dos fatores de produção, englobando os bens de capital, terra, prédios, bancos, matérias-primas.

Problemas Econômicos Fundamentais
• O que e quanto produzir: dada a escassez de recursos, a sociedade terá de escolher, dentro das possibilidades de produção, quais produtos e em quais quantidades serão produzidos.
• Como produzir: a sociedade escolherá quais recursos de produção serão utilizados dado o nível tecnológico existente.
Dentre os métodos mais eficientes, serão escolhidos os de menor custo de produção possível.
• Para quem produzir: a sociedade terá de decidir como seus membros participarão da distribuição dos resultados de sua produção.

Custo de Oportunidade
O custo de oportunidade de um bem ou serviço é a quantidade de outros bens ou serviços a que se deve renunciar para obtê-lo.
Na tabela acima, pode-se verificar que para aumentar a produção de alimentos de 30 para 45 toneladas, o custo de oportunidade em termos de máquinas é igual a 5 mil, que é a quantidade sacrificada.

Curva (fronteira) de Possibilidades de Produção
Curva (fronteira) de Possibilidades de Produção
Através do gráfico podemos observar que qualquer ponto sobre a curva significa uma produção em plena capacidade. Qualquer ponto abaixo da curva (10,30 por exemplo), teremos uma capacidade ociosa. E qualquer ponto acima da curva (20,50 por exemplo), significaria uma produção impossível, devido a escassez de fatores de produção.

Agentes Econômicos
São os responsáveis pela atividade econômica, ou seja, a produção de bens e serviços, objetivando a satisfação das necessidades humanas.

• Empresa: unidade de produção básica. Contrata trabalho e compra fatores com o fim de fazer e vender bens e serviços.
• Famílias: consomem bens e serviços, e oferecem seus recursos, fundamentalmente o trabalho e capital.
• Setor público: estabelece marco jurídico-institucional no se desenvolve a atividade econômica. É responsável também pelo estabelecimento da política econômica.

Setores Econômicos
Setor Primário: atividades realizadas próximas das bases dos recursos naturais. Atividades agrícolas, pesqueiras, pecuárias e extrativas.
Setor Secundário: atividades industriais, mediante as quais são transformado os bens.
Setor Terciário: são atividades direcionadas a satisfazer necessidades de serviços produtivos que não se transformam em algo material.

Empresas segundo sua natureza jurídica
Individual: empresas que pertencem a um só indivíduo e são administradas por ele.

Sociais (a propriedade não corresponde a um só indivíduo): 
Limitadas - o capital social deve estar totalmente desembolsado em um movimento de constituir sociedade,
sendo que o mesmo, está dividido em partes iguais, chamadas cotas.
S.A’s - somente pode ser sócio investindo dinheiro. O capital está dividido entre os acionistas, sendo que as ações são negociadas na bolsa.
Cooperativas - são associações criadas para satisfazer as necessidades comuns dos associados que compartilham de iguais riscos e benefícios.

Funcionamento do Sistema de Economia de Mercado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FUNÇÕES DO SETOR PÚBLICO

CONCEITOS: CAPITALISMO, SOCIALISMO, COMUNISMO E ANARQUISMO

ALGUMAS QUESTÕES SOBRE SEGURANÇA PRIVADA