Porque a Ténéré 660 está demorando tanto a chegar no Brasil?

Em reportagem de João Tadeu Boccoli, Mario Rocha, diretor comercial da Yamaha explica os motivos da demora da vinda da Ténéré 660.

A matéria foi postada dia 04 de março desse ano, no site da motonauta.

Essa pergunta vem maltratando o imaginário de muitos motociclistas no Brasil.

Essa questão foi levantada na visita a fábrica no ultimo dia 02/02, ocasião onde já tinham nos apresentado a Super Ténéré 1200.

A resposta dada pelo Sr. Mario Rocha, diretor comercial, que além de bem explicativa, mostrou a preocupação da Yamaha com o consumidor brasileiro.

Derivada ou não, são produtos distintos e a questão não reside na consagrada motorização conhecida de todos nos por conta da XT 660R.

O ponto se resume a uma pequena parte plástica que está fazendo toda a diferença… a caixa de ar.

Na mesma centralina da 660R, componente eletrônico que comanda a injeção eletrônica, se a engenharia privilegiar a velocidade, não alcançará os índices ditados pelo PROMOT. Na mesma linha, se for privilegiados os índices do PROMOT, a nova Ténéré 660 não desenvolve.

Exposto isso, o Sr. Mario Rocha informou que optaram em devolver o projeto até se conseguir estabelecer uma otimização nesse desempenho, evitando, alem da insatisfação do cliente, um futuro e provável recall.

E assim tivemos a resposta de forma curta, porem objetiva!

.....


Mas parece que agora é verdade. Antes tarde do que nunca!

Parace que a Yamaha do Brasil finalmente vai vender a XT660Z Ténéré, a big-trail monocilíndrica que tem o mesmo motor da XT660R e que já é aguardada por aqui desde seu lançamento na Europa em 2008.
Segundo o Best Riders, a Yamaha fez um evento para apresentar a Moto aos jornalistas (como se fosse necessário), e disse que vai começar a vender ainda em 2011, depois de apresenta-la ao público no Salão Duas Rodas.

A XT660Z Ténéré vai chegar já com um grande desafio: Superar as concorrentes no segmento que mais cresceu nos últimos 2 anos no Brasil. Ela disputará mercado diretamente com a BMW G650GS, com a própria irmã XT660R, e indiretamente com a Versys 650, Transalp 700, V-Strom 650 e até, quem sabe, com a BMW F800GS… Motos um pouco mais caras, mas que entregam mais e podem ser boas alternativas. Ah, e para piorar, parece que a V-Strom 1000 voltará a ser fabricada.
A seu favor, a Ténéré 660 tem o conjunto claramente mais voltado ao off-road da categoria, com rodas raiadas de aro 21 na dianteira e 17 na traseira, suspensões de curso extremamente longo, e peso em ordem de marcha de apenas 206 kg.

A moto também conta com o motor monocilíndrico de 660 cc – o mesmo da XT660R e da MT-03 – que é robusto e confiável – e que gera até 46 cv de potência e até 5,9 kgf.m de torque. Números baixos, mas que se traduzem em economia e força em baixos regimes de RPM.
O tanque de 23 litros de capacidade garante uma longa autonomia a moto, que pode fazer até 25 km por litro de gasolina, graças ao mapa da Injeção Eletrônica, que prioriza a economia (leiam sobre injeção eletrônica em motos AQUI!).

Além disso, fazem parte do conjunto: Duplo disco de freios na dianteira e disco simples na traseira, com ABS opcional, balança de alumínio farol com defletor duplo, protetor de cárter e para-brisa.

O preço sugerido será de R$ 29.800,00 na versão sem ABS, e R$ 32.800,00 com ABS, valor que não inclui frete nem seguro.


Ficha técnica


Motor:
Tipo4 tempos, 1 cilindro, 4 válvulas, DOHC, refrigerado a líquido e cárter seco.
Cilindrada660cc
Diâmetro x Curso100,0 x 84,0 mm
Taxa de compressão10,0:1
Potência máxima47 cv @ 6000 RPM
Torque máximo6,9 kgf.m @ 5.920 RPM
Marcha Lenta1.500 RPM +/- 100
Capacidade de óleo2,9 litros
Combustível:
AlimentaçãoInjeção Eletrônica com corpo de 44mm
Tanque de combustível23 litros
Eletrônica:
IgniçãoECU/CDI
PartidaElétrica
Bateria12V 8AH
Farois12V 55/60W H4
Transmissão:
EmbreagemMulti-discos banhada a óleo com acionamento mecânico.
CâmbioManual de 5 marchas
Transmissão finalPor corrente #525 com o-ring
Quadro:
TipoDiamond tubular em aço
Dimensões:
Comprimento2.246 mm
Largura865 mm
Altura1,477 mm
Distância mínima do solo245 mm
Distância entre eixos1.505 mm
Caster28º
Altura do assento895 mm
Peso em ordem de marcha206 kg
Suspensão:
DianteiraGarfo telescópico hidráulico invertido de 43 mm de diâmetro com ajuste de pré-carga da mola de retorno, curso de 210 mm.
TraseiraBraço oscilante monoamortecido com ajuste de pré-carga da mola, curso de 200 mm.
Roda dianteiraRaiada, de 21 polegadas
Roda traseiraRaiada, de 17 polegadas
Pneu dianteiro90/90-M21
Pneu traseiro130/80-M17
Freio dianteiroDisco duplo ventilado e flutuante, de 298 mm, mordido por pinças de 2 pistões cada.
Freio traseiroDisco simples de 245 mm mordido por pinça de 1 pistão.
Preço sugerido (2012)R$ 29.800,00 (STD) e R$ 32.800,00 (ABS)

Fonte: Motosblog.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FUNÇÕES DO SETOR PÚBLICO

CONCEITOS: CAPITALISMO, SOCIALISMO, COMUNISMO E ANARQUISMO

ALGUMAS QUESTÕES SOBRE SEGURANÇA PRIVADA