CONCEITOS: CAPITALISMO, SOCIALISMO, COMUNISMO E ANARQUISMO

O capitalismo teve seu início na Europa e suas características aparecem desde a baixa idade média, do século XI ao XV, com a transferência do centro da vida econômica social e política dos feudos para a cidade.

A partir da segunda metade do século XVIII, com a Revolução Industrial, inicia-se um processo ininterrupto de produção coletiva em massa, geração de lucro e acúmulo de capital. Na Europa Ocidental a burguesia assumiu o controle econômico e político. As sociedades foram superando os tradicionais critérios da aristocracia e a força do capital se impôs.

Surgiram as primeiras teorias econômicas: a fisiocracia e o liberalismo.

Na Inglaterra, o escocês Adam Smith (1723-1790), foi o precursor do liberalismo econômico. Publicou "Uma Investigação sobre Naturezas e Causas da Riqueza das Nações", defendendo a livre iniciativa e a não-interferência do Estado na economia.

SOCIALISMO

Socialistas Utópicos e socialistas Científicos. Este início foi marcado pela introdução das idéias de Marx e Engels no universo de construção de uma nova sociedade.

COMUNISMO

Para Marx, a luta de classes é o meio pelo qual a história progride. Ele acreditava que a única forma de alcançar uma sociedade feliz e harmoniosa seria com os trabalhadores no poder. 

Suas idéias eram uma reação às duras condições de vida dos trabalhadores no século XIX. Estava convencido de que a vitória do comunismo era inevitável. O comunismo, segundo ele, é o último e mais alto estágio de desenvolvimento.

ANARQUISMO

Foi a proposta revolucionária mais importante do mundo, durante a segunda metade do século XIX e início do século XX, quando foi substituído pelo marxismo (comunismo).

O anarquismo pregava o fim do Estado e de toda e qualquer forma de governo, que seriam as causas da existência dos males sociais.

REVISIONISMO

Eduard Bernstein em seu livro "Os pressupostos do socialismo e as tarefas da social-democracia", recomendou abandonar utópicas esperanças revolucionárias e contentar-se, realisticamente com o fortalecimento do poder político e econômico das organizações do proletariado, considerando-se que as previsões marxistas de depauperamento progressivo (esgotar as forças de forma a tornar-se muito pobre) das massas não se tinham verificado.

Depois da morte de Marx e Engels, a rápida industrialização da Alemanha e o fortalecimento do partido social-democrata e dos sindicatos melhoraram muito as condições de vida dos trabalhadores alemães, ao mesmo tempo em que se tornou cada vez mais improvável a esperada crise fatal do regime capitalista.

Comentários

  1. Jupira Lucas Zucchetti
    (Contabilista em Campinas-SP)

    Gostaria de relatar um caso bem grave na Agência 3551-3 do Banco do Brasil, agência Unimart- Campinas-SP.

    O cartão vai vencer no mês 11/2016. E no decorrer do mês 10/2016 foi perguntado por duas vezes a respeito do cartão, pois, não tinha chegado ainda. Na primeira vez foi dito que não tinha sido solicitado nada ainda, e na segunda vez, foi dito que poderia ser usado até o final do mês 11/2016.

    No dia 19/10, foi enviado um email perguntando novamente a respeito do cartão. E no dia seguinte, em 20/10, me ligaram dizendo ser do banco para a emissão da segunda via de cartão, que seria para confirmar dados.

    Foi confirmado, e depois de uma hora me dirigi ao banco, e foi observado no extrato bancário que sacaram uma quantia da conta, naquele mesmo dia. Entrei imediatamente no banco questionando a respeito desse valor, e querendo devolução disso. Disseram para fazer uma cartinha relatando o ocorrindo, mas que era para voltar no dia seguinte para colocarem no sistema. Foi feito essa cartinha no mesmo instante.

    Ou seja, resumo da história, me deixaram sem cartão, sem prazo certo para a devolução do valor, e tudo isso por negligência deles, e se for observar também desencontro de informação entre eles mesmo. Ou seja, não se sabe ao certo se realmente foi bandido que roubou o dinheiro da conta, ou se foi a agência mesmo que se apropriou como se fosse deles, justamente pelo desencontro de informação. Detalhe, não devo para banco nem nada nesse sentido. E a pergunta que fica é a seguinte: será que já estamos no comunismo???!!!


    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FUNÇÕES DO SETOR PÚBLICO

ALGUMAS QUESTÕES SOBRE SEGURANÇA PRIVADA